A Induscabos Condutores Elétricos Ltda. é uma empresa que está sempre investindo em equipamentos e profissionais para produzir os melhores fios e cabos elétricos do mercado. Essa constante preocupação com a qualidade a destaca como uma das principais fabricantes do país, com a produção de cabos até a classe de 138 kV.  Essa capacidade de produção credencia a Induscabos a atender os principais segmentos, como Concessionárias de Energia Elétrica, Óleo e Gás, Mineração, Siderurgia, Papel e Celulose, Agroindústria, Parques Eólicos, entre outros.

 

inducabos569456

Os fios e cabos são condutores elétricos responsáveis por conduzir a corrente elétrica de um ponto a outro. O cobre e o alumínio são os dois metais mais usados na fabricação dos condutores elétricos. O primeiro é mais utilizado, principalmente em condutores isolados, em razão das suas propriedades elétricas e mecânicas. Por sua pureza de até 99,99%, o cobre eletrolítico é o mais usado para produção dos cabos. Já o alumínio utilizado para condutores tem uma pureza de cerca de 99,5%.

As principais diferenças entre o cobre e o alumínio são a condutividade elétrica, o peso e as conexões. A mais marcante está na forma como se realizam as conexões entre condutores ou entre condutor e conector. O alumínio é mais utilizado em linhas aéreas, já o cobre em instalações internas e subterrâneas. Segundo a norma de instalações elétricas de baixa tensão, a NBR 5410, é proibido o uso de alumínio em instalações residenciais. O alumínio praticamente domina o campo dos condutores para linhas de transmissão.

Atualmente, a Induscabos exporta 10% da sua capacidade produtiva entre cabos de baixa, média e alta tensão, com crescimento médio de faturamento de 15% nos últimos anos. Está presente em mais de 15 países, como: Argentina, Cuba, México, Panamá, Costa Rica, Guatemala, Uruguai, Angola, Venezuela, Equador, Bolívia, Chile, Colômbia, entre outros, fornecendo para grandes projetos como Reconstrução de Usina de Capanda (Angola), Porto de Mariel (Cuba), Metrô de Santiago (Chile), Projeto Termo Elétrica de Baja Califórnia (México).

40-anos-induscabos